Para pessoas inscritas no processo seletivo regular, que não são profissionais públicos e que buscam uma oportunidade para ingressar no setor público, não! Queremos pessoas engajadas e comprometidas em fazer a mudança no setor público, e sabemos que participantes com trajetórias de qualquer área têm potencial para contribuir com a transformação da gestão pública do país. Conhecimentos específicos sobre gestão pública, bem como o curso que você fez, ou a universidade onde estudou não são considerados nas avaliações das etapas durante o processo seletivo regular. No nosso último processo seletivo, por exemplo, tivemos inscritos de quase 200 cursos diferentes.


Entretanto, para o processo seletivo de profissionais públicos, no qual o público-alvo consiste em profissionais públicos em início de carreira, que já atuam no setor público e desejam continuar como trainees no mesmo órgão governamental por pelos menos 12 meses, contados a partir de 01/01/2022, é necessário que a experiência integre pelo menos um dos seguintes pontos:


a. Análise de dado, e/ou;

b. Captação de recursos, e/ou;

c. Gestão fiscal e orçamentária, e/ou;

d. Gestão de implementação de políticas públicas, e/ou; 

e. Gestão de parcerias e contratos, e/ou; 

f. Gestão de projetos e/ou processos, e/ou;

g. Gestão de tecnologia e/ou inovação, e/ou;

h. Monitoramento e avaliação de políticas públicas, e/ou; 

i. Planejamento estratégico.